CFP: Etnografias das mobilidades turísticas contemporâneas

http://vicongresso.apantropologia.org/

http://vicongresso.apantropologia.org/cfp-2/   (CALL – CHAMADA PARA COMUNICAÇÕES)

T032 – Etnografias das mobilidades turísticas contemporâneas

Coordenadores / Convenors

Xerardo Pereiro

DESG, ECHS, UTAD

xperez@utad.pt

Filipa Fernandes

CAPP-ISCSP/UL

ffernandes@iscsp.ulisboa.pt, filipafernandes1@gmail.com

Resumo curto / Short abstract

O turismo enquanto prática sociocultural contemporânea envolve a mobilidade e a hospitalidade de milhões de pessoas. Pretende-se com este painel visibilizar trabalhos antropológicos sobre as mobilidades turísticas, os seus processos e efeitos na configuração dos sentidos do lugar, na construção de culturas ‘viageiras’, de encontros e desencontros.

Resumo longo / Long abstract

A antropologia é uma das disciplinas das ciências sociais mais críticas com o turismo e das mais inovadoras na investigação turística (Pereiro, 2009; Pinto e Pereiro, 2010; Pereiro e Fernandes, 2015; Hernández, Pereiro e Pinto, 2015). É invulgar, hoje em dia, encontrar um território não afetado, duma ou doutra forma pelo sistema turístico. E se a antropologia começou por ser crítica com o turismo, hoje encontra-se implicada e aplicada em minorar os efeitos indesejados, existindo já uma inserção da antropologia do turismo na mercadologia turística (análise e intervenção nos mercados turísticos) e no ensino de um turismo mais sustentável e responsável.Face aos enfoques econometristas, técnicos e gerenciais, predominantes nos estudos turísticos, é importante que a antropologia ofereça leituras diferenciadas e diferenciais que ajudem a pensar, compreender, lidar e também planificar a diversidade do(s) turismo(s) e das experiências dos turistas. Neste painel pretende-se mostrar os enfoques antropológicos (teóricos, metodológicos e interventivos) do turismo enquanto mobilidade contemporânea desafiante, nomadismo controlado, atividade humana complexa e prática sociocultural contemporânea que envolve a mobilidade e a hospitalidade de milhões de pessoas. Dar-se-á visibilidade a trabalhos antropológicos sobre as mobilidades turísticas. Os melhores trabalhos serão compilados para um número especial da Revista PASOS.

Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: